O Mestre das Bonecas

Sabe aqueles filmes de terror clássico, no mais puro estilo jovens-passam-fim-de-semana-em-casa-uma-casa-diferente-e-coisas-estranhas-começam-a-acontecer?
Então, estamos falando de um deles.
Mesmo sendo mais do mesmo, achei válido o post: afinal, não é norte-americano e as bonecas, às quais o título se refere, são bonecas BJDs, aquelas articuláveis lindas e colecionáveis.

terror • suspense 90 min. 2004 Coreia do Sul

ESTE POST É DEDICADO ÀS MENINAS,
QUE APRENDERÃO, COM O MESTRE DAS BONECAS, QUE A BONECA FAVORITA QUE TODAS TIVEMOS NA INFÂNCIA FOI E SEMPRE SERÁ A AMIGA MAIS FIEL QUE TEREMOS EM TODA NOSSA VIDA. 😯
O Mestre das Bonecas
O Mestre das Bonecas
Há muitos anos, na Coreia do Sul, um jovem artista apaixonado criou uma boneca à semelhança de sua musa, inclusive, em tamanho natural. Quando a bela moça foi encontrada morta, o namorado foi acusado de assassinato e condenado à morte.
A boneca, desde então, é vista velando eternamente o túmulo de seu criador…
O mestre das bonecas - primeira parte.
O mestre das bonecas – A primeira trama.

Muitos anos se passam, e cinco jovens aleatórios são convidados a posar como modelos para uma artista que cria bonecas, cuja galeria, um belo casarão, fica localizada em uma região remota (ah-vá?).

A simpática escultora de bonecas
simpática escultora de bonecas… 🙄

Animados, os convidados ficam encantados com a perfeição das bonecas expostas, lembrando que terão suas versões também.
Na verdade, a animação se esvai um pouco quando uma escultora calada e de aparência sinistra se apresenta do alto da escada…

As sessões de escultura só terão início no dia seguinte, então, todos se reúnem para jantar e, mais tarde, são encaminhados aos seus respectivos aposentos — de estilos diferentes e excêntricos.
Logo, o grupo começa a notar eventos estranhos e a ter a sensação de estar sendo vigiado… por bonecas…
E o terror entra em cena.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Considerando-o um exemplar trash, O Mestre das Bonecas é um bom filme.
Tem todos os elementos típicos (casarão + final de semana + jovens animados com personalidades distintas e caricatas + acontecimentos estranhos) que mantêm fiel uma legião de fãs deste estilo de terror.

TECNICAMENTE…
O enredo é interessante e, a partir de determinado momento, ganha um toque de drama que conquista nossa empatia.
O cenário é muito bonito e as bonecas são realmente perfeitas. A maquiagem é ótima também. Nesse quesito, destaco a personagem Mina e sua boneca, que são idênticas!
Os atores, no geral, são bons (já vi alguns em outros filmes).

Existe um certo suspense e, óbvio, as tão esperadas cenas de terror — que não chegam a dar medo, mas rendem algumas risadas nas clássicas cenas intencionalmente mal feitas e mal atuadas, que são a cereja do bolo no gênero.
Para quem não está familiarizado, a cereja do bolo fica por conta de elementos como ”sangue” com cara de groselha/achocolatado Browncow, socos que nem passam perto do alvo mas, mesmo assim, fazem a vítima voar longe, além outras pérolas consagradas.

Chega a dar um sustinho ou outro, mas assisti deboas sozinha e de madrugada (só para constar, desisti do Bruxa do Blair na primeira meia hora e mudei de canal, indo parar em algum DiscoveryKids da vida na esperança de espairecer. Logo, concluí que O Mestre das Bonecas é fichinha 😀 ).

CineSakura • O Mestre das Bonecas
CineSakura • O Mestre das Bonecas

Eu o assisti por outras razões que não o terror, até porque o gênero não é dos meus favoritos: soube de sua existência vasculhando a filmografia da fofura chamada Byeon Ju-Yeon (aliás, estou para publicar um review do Love Phobia, que é lindo e tem essa menina como protagonista na primeira parte do filme), a filmografia do ator Hyeong-Jun Lim (que conheci em Blood and Ties) e, finalmente, pelas bonecas BJD (porque adoro bonecas).

Como existe preconceito contra filmes não americanos, O Mestre das Bonecas pode não atrair os fãs ocidentais, que compõem boa parte de seu público alvo. Por outro lado, tem as BJDs — e sei que muitas pessoas o viram pelas bonecas.
Se você nunca ouviu falar nelas, dê uma olhada no Google aqui. Ou não. Afinal, você vai vê-las no filme. Ou não. 😀

Obs.: O Mestre das Bonecas não lembra em nada o clássico Chucky, ao contrário dos comentários que você pode ler pela web, do tipo “O novo Chucky coreano”.

TRAILER

Obs.: não descobri se ele foi oficialmente lançado no Brasil, pois o título *O Mestre das Bonecas aparente-e-tecnicamente não existe.
O nome sempre consta como “título literal”, ou seja, é apenas a tradução do título coreano e não um nome oficial.
Se for o caso, as legendas não são oficiais e podem ser criação de fãs, então a gente não vai encontrar DVDs dublados e/ou legendados para alugar/comprar.


Confira a avaliação de outras pessoas no perfil do filme no
FilmowThe Doll Master
e no
AsianWiki: The Doll Master (em inglês).

CRÉDITOS

DIREÇÃO Jeong Yong-ki TIT. ORIG. Inhyeongsa IDIOMA coreano
LEGENDA sim DUBLADO não ONLINE Legendado

[OT] 

Existe uma lenda macabra bem antiga sobre bonecas que não se conformam de não terem uma alma e literalmente sugam a alma de seres humanos. Provavelmente, a lenda foi a grande inspiração de todos esses filmes de terror com bonecas.

E falando em bonecas macabras, sou apaixonada por um curta-metragem de animação fofíssimo — e macabro — chamado… Alma.
Tendo apenas 5 minutos, me limito a contar que uma garotinha chamada Alma está andando pela rua quando passa pela vitrine de uma loja de brinquedos e uma boneca, em particular, atrai a sua atenção.
O curta foi criado por um animador da Pixar e dizem que a DreamWorks está negociando a produção de sua versão longa-metragem.

Você encontra facilmente para assistir no Youtube ou em outros sites de vídeos. E não tem falas, então, não precisa de legenda. =D

Este slideshow necessita de JavaScript.

cinesakura_fit


Avaliação:Avaliação: Bom


Anúncios

Comente.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s