Whistle Blower

Inspirado em um caso real, Whistle Blower [lit.: O Informante] narra a dura batalha contra a opinião pública que o produtor de tevê Yoon Min-cheol enfrenta, ao tentar provar uma grave fraude em um estudo sobre clonagem de células-tronco, conduzido por um prestigiado médico do país.

GÊNERO drama, suspense DURAÇÃO 117 min. país Coreia do Sul

Um homem procura o produtor de um programa de tevê, Yoon min-cheol, para pedir que investigue a morte de uma saudável mãe de dois filhos pequenos. Tendo seu pedido negado pelo produtor, ele explica que a mulher morreu depois de um procedimento de doação de óvulos.

Min-cheol se interessa pelo caso e decide iniciar a investigação. Assim, acaba conhecendo o informante (vem daí o nome em inglês, whistle blower): o médico Shim Min-ho, que trabalhou no projeto de pesquisa do Dr. Lee Jang-hwan, e, apesar de afirmar que os resultados do estudo foram forjados, reluta em cooperar para levar a verdade a público.

O problema, porém, vai além da fraude: o pesquisador é popular e querido no país por sua simpatia e promessas de cura. Sem demora, o produtor Yoon Min-cheol descobre a gravidade da luta que terá que armar contra a opinião pública, que acredita cegamente no cientista.

Este slideshow necessita de JavaScript.

O CASO REAL

A história de Whistle Blower foi inspirada em um caso verídico ocorrido na Coreia do Sul: o caso do veterinário Dr. Hwang Woo-suk, que, em 2005, foi condenado por fraude e crime contra a bioética durante um estudo sobre clonagem de DNA humano (leia aqui a matéria da Superinteressante sobre ele). Uma matéria de 2015, do site techinsider.io (em inglês) conta que o cientista foi condenado a dois anos de prisão, mas não chegou a ser preso. Apesar da condenação, ele continua a ser um cientista prestigiado pelas clonagens de animais bem-sucedidas.
Desconhecia esse caso até ver o filme, então, não fazia a menor ideia do que esperar.

Vale ressaltar que Whistle Blower foi apenas inspirado no caso do Dr. Hwang Woo-suk, ou seja, não reproduz o caso verídico. Dessa forma, a história em si é fictícia — e seu desfecho pode ser o parecido com o do caso real ou não. Tem que assistir para saber.

O produtor Yoon Min-cheol e o informante dr. Shim Min-ho.
O produtor Yoon Min-cheol e o informante dr. Shim Min-ho.

De início, achei um pouco parado e acabei desistindo — o que não significa muita coisa, já que é comum eu desistir de um filme e voltar a ele em outra ocasião.
Da segunda vez, porém, vi a história crescendo ao longo do filme: enquanto acompanhava a investigação dos fatos, aguardava ansiosa a descoberta de evidências sólidas que pudessem comprovar o crime. E, assim, a história simplesmente me prendeu até o final.

Os atores são muito bons, a exemplo de Park Hae-il (o produtor), ator premiado e bastante querido na Coreia do Sul.

Embora não provoque aquele “Wow!!”no fim, Whistle Blower é muito bom. Avalio como 8,8/10. E recomendo!!

Obs.: O filme não estreou no Brasil e é pouco conhecido por aqui. Infelizmente, até agora (atualização em 1/9/16) não foi legendado em português.
Confira o perfil do filme no Filmow e no Hancinema.


Elenco:

Park Hae-il • Yoon Min-cheol
Lee Kyung-young • Lee Jang-hwan
Yoo Yeon-seok • Shim Min-ho
Song Ha-yoon • Kim Yi-seul
Ryoo Hyeon-kyeong • Kim Mi-hyun

DIREÇÃO Yim Soon-rye TÍTULO Hangul Jeboja ano 2014
idioma sul-coreano legenda inglês ONLINE legenda em inglês

Avaliação:Ótimo


Anúncios

Uma consideração sobre “Whistle Blower”

Comente.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s