Três Tempos

Três tempos
Três Tempos

Três tempos | Zui hao de shi guang
Drama • Romance
Hou Hsiao-hsien • 2005
França/Taiwan • Legendado

Três tempos conta as histórias de três belos romances em períodos históricos diferentes: 1911, 1966 e 2005.
O filme não só toca nosso lado romântico, como nos faz pensar na evolução social das mulheres e a revolução dos relacionamentos quanto ao que era permitido fisicamente aos casais: nunca se tocarem > darem as mãos > terem sexo sem compromisso.

Nos faz pensar que mesmo com todas essas diferenças, os sofrimentos são os mesmos, as expectativas são idênticas e a distância física – ou o abismo emocional – que separa dois amantes estão sempre presentes.
E tudo isso é contado em fragmentos do cotidiano de cada casal, nos quais ora há tentativas frustradas, ora certeiras, de comunicação. Comunicação esta que é sempre feita com o mínimo possível de palavras. Ditas. Ou escritas.
O maior destaque para mim foi a atuação da Qi Shu.
Eu não a conhecia e fiquei impressionada com sua beleza e talento. É incrível a forma com que ela se entrega ao papel de três mulheres completamente diferentes em um único filme — e nos convence.
Facilmente não perceberíamos se tratar da mesma pessoa assistindo somente a primeira e a terceira história em dias diferentes.Três tempos é um filme para se sentir, observar e apreciar como obra de arte.Leia seu perfil e outros comentários sobre ele no Filmow.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Anúncios

2 comentários em “Três Tempos”

Comente.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s